3.23.2011

O Amor

O amor é uma coberta que,
Nos deixa envolver,
Nos esquenta quando está frio,
Nos faz adormecer.
Mas quando amanhece,
Ele desaparece,
E ninguém esquece,
O quanto sofreu.
Ele foi embora,
Na mesma hora,
Em que você,
Apareceu.
O difícil é não lembrar,
Que ele te fez sonhar,
O difícil é esquecer,
Que ele te faz sofrer.
E se ignora,
É porque já namora,
Outro amor,
Que te faz reviver.
A mesma história,
Mas com a paranóia,
De que você,
Irá o perder.
Então você não desgruda,
E a cada minuto,
Pergunta onde ele está,
Assim ele vai te largar.
E na memória,
Você recorda,
Que todos amores,
Te fizeram esquecer,
Os antigos.
Mas trouxeram para cá,
Os novos,
Que ainda te fazem chorar.
E agora um novo amor,
Estou procurando,
Para que me faça esquecer,
O que estava passando.
E com esperança,
Feito uma criança,
Eu vou me entregar,
Sem medo de errar.
Eu vou me soltando,
Vou me apaixonando,
Sabendo que você,
Não vai me deixar.

Amanda Maraschin Bruscato

Nenhum comentário:

Postar um comentário